Poemas Curtas de Amor (Parte 2)

Quando o amor é real, uma não poupa formas de provar o seu parceiro, uma das melhores maneiras é dedicar algumas palavras de amor que terão o efeito final um grande abraço e um beijo doce.

 

O fogo quando se apaga,
na cinza deixa o calor.
O amor quando se acaba,
no coração deixa a dor…
 
 
Por dentro estou sofrendo,
sabendo que te perdi.
Por fora estou vivendo,
Fingindo que te esqueci.
 
 
Lá em cima daquela montanha
Há 2 lindos beija-flor
e escrito em suas asas
eu te amo meu amor
 
 
Podem os rios secar
podem as montanhas desabar
mas eu nunca vou deixar
… deixar de te amar.
 
 
Meu nome é amar,
meu sobrenome é sofrer,
meu apelido é sonhar,
sonhar em te ter
 
 
Podem os rios secar
podem as montanhas desabar
mas uma coisa é certa:
nunca vou deixar de te amar.
 
 
Seu nome é lindo,
fácil de escrever.
Bom de pronunciar
mas difícil de esquecer.
 

 

Te Amei
E você nem ligou
Agora que te esqueci
Você vem me dar valor
 
 
Duvida da luz dos astros,
De que o sol tenha calor,
Duvida até da verdade,
Mas confia em meu amor.
 
 
Gosto porque gosto
Gosto porque sim
Gosto e aposto
Que você gosta de mim
Fonte: http://frasesbonitasdamor.blogspot.com.br/2014/10/poemas-curtas-de-amor-parte-2.html?m=1

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *