Não chore no meu túmulo, poema para lembrar um ente querido que morreu

Gostou Deste Conteúdo? Compartilhe nas Redes Sociais
Poema para aqueles que se lembram com carinho, alguém que morreu e sente muita dor por sua perda. Para entender que, apesar da sua partida, ele continuará a viver em nossas memórias e nos nossos corações.
Texto do poema mais bonito e emocional escrito como uma homenagem a uma pessoa que faleceu.
Para recordar aqueles que deixaram, mas que ainda estão presentes em nossas vidas, porque sua memória permanece viva em tudo o que nos rodeia.
Para ler e compartilhar um momento triste de perda ou em uma determinada data, quando sua memória se torna mais presente e a dor dói de novo.
Resultado de imagem para poema para lembrar um ente querido que morreu

Não chore no meu túmulo, não estou lá

Não me aproxime do meu túmulo soluçando, não estou lá
Estou no vento que te acaricia
Nas plantas que você água todos os dias
Nas estrelas que brilham à noite em sua casa
No sorriso de seus filhos
Nos pássaros que cantam na sua janela. ..
Então não me aproxime do meu túmulo soluçando, não estou lá.
Estou em sua memória e em seu coração.

Não chore no meu túmulo, poema para lembrar um ente querido que morreu
AJUDE A MELHORAR AINDA MAIS O SITE, AVALIE:
Gostou Deste Conteúdo? Compartilhe nas Redes Sociais

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *